Livro Coleção Sentimentos com 09 livros

R$ 50,40
R$ 50,40
R$ 50,40
Este produto não está disponível

Delicadamente ilustrados, estes livros contêm breves contos que, revelando situações e peripécias de seus graciosos personagens, incentivam a criança a desenvolver sentimentos de nobreza moral.

O cultivo de bons sentimentos merece ter lugar de destaque na formação do caráter infantil - futuro cidadão. É fator que favorece o desenvolvimento harmonioso de suas faculdades culturais e espirituais.

As leis que conduzem o homem à paz de consciência e à felicidade, ainda que relativa, fundamentam-se na prática de todas as virtudes.

A coleção Sentimentos visa demonstrar à criança, por meio de exemplos de comportamento, personificados, de insetos e animais retratados em seus livros, as desvantagens da prática de ações baseadas em sentimentos de ordem inferior, como a presunção, a vaidade exagerada, a ambição, a soberba, a falsidade.

Assim, enquanto se distrai lendo as simpáticas histórias e acompanha as situações e peripécias vivenciadas pelos protagonistas, a percepção da criança é despertada para uma análise comparativa do comportamento de cada personagem, fazendo-a chegar à conclusão que as virtudes e os valores éticos aproximam as criaturas, enquanto os sentimentos menos dignos as distanciam, e podem acarretar desacertos, dificuldades, conflitos.

A abelha que queria ser rainha (orgulho): Orgulhosa e inconformada com sua condição de simples operária, a abelhinha Zunzum resolve procurar uma forma de se transformar em abelha-rainha. Descobre, então, que às vezes as aparências enganam, e que todas as funções de trabalho são úteis e importantes, cabendo a cada qual desempenhar suas tarefas com responsabilidade e dedicação.

A águia que almejava as estrelas (amor fraterno): Lívia quer alcançar as estrelas desde bem pequena. Ela foi crescendo, ganhou um irmãozinho adotivo para brincar e compartilhar aventuras, mas, mesmo assim, o sonho de voar até as estrelas continua com ela. Seu desejo é maior do que os cuidados com o irmão menor e quase que uma tragédia acontece por isso. Percebe, finalmente, que há outras maneiras de viver um sonho e que a família é o bem mais importante.

A borboleta que queria ser linda (vaidade): Diva, a borboleta, quer ser ainda mais linda do que já é. Quer ser a mais linda do mundo!

Em sua vaidade exagerada, não descansa, até se envolver numa grande aventura, cheia de surpresas e desencantos. O final da história de Diva é surpreendente e encantador.

A girafa que queria ter sucesso (presunção): Decidida a alcançar sucesso, a girafa Amanda lança mão de recursos inadequados. Pretensiosa, não hesita em mentir e inventar histórias para conseguir seus objetivos. Mas acaba levando um bom susto, que a faz refletir na vantagem de agir com honestidade e humildade, virtudes que a ajudam a reconquistar o respeito e a estima de seus companheiros.

A raposa que sabia tudo (falsidade) : Muito confiante em si própria e em sua grande "sapiência", uma raposa vai inventando e falseando a verdade. Depois de criar verdadeiras aventuras que colocam em risco a sua própria vida e a de suas companheiras, chega à conclusão de que a soberba é um sentimento muito ruim, que não merece ser cultivado por ninguém.

O coelho que queria ser rápido (ambição): A ambição do coelho Joni é enorme. Apesar de já ser reconhecido como o coelho mais veloz da família e da comunidade, não está satisfeito: quer alcançar uma projeção ainda maior. Para tanto, toma atitudes erradas, de desrespeito a normas e regulamentos, que acabam acarretando grande tristeza para seus companheiros. Descobre, afinal, que a modéstia é uma grande e necessária virtude.

O leão que queria reinar no topo do mundo (generosidade): Trovão é um leão que quer reinar num lugar chamado "Topo do Mundo". Ele tem uma boa família e é um bom leão, mas vive distraído por causa desse sonho e nem consegue perceber as belezas e felicidades cotidianas. Ele busca esse lugar, viaja, conhece outros animais pelo caminho e chega até o Polo Norte, o topo do mundo. Trovão volta para casa e descobre a generosidade da família.

O pinguim que gostava do calor (solidariedade): Gusmão é um pinguim muito solidário. Ele acredita que todos devem ser amigos e dividir a geleira, de modo que todos possam pescar. Mas muita confusão acontece na vida deste pequeno amiguinho. Ele ensina a importância de compartilhar e fazer amigos. Você precisa conhecê-lo.

O sapo que desejava as alturas (amizade): Golias é um sapo muito talentoso para o salto em altura. É um vencedor, mas nem por isso se gaba ou menospreza os outros. Ele compete em torneios e um antigo rival descobre que pode ser amigo desse vencedor. Esta é uma história sobre amizade e solidariedade. Você vai descobrir como laços de amizade, se cultivados, podem durar para sempre.


Autor: Belli, Roberto

Coleção: Sentimentos

Formato: 13,5x20 cm cada

Páginas: 22 cada

Faixa Etária: a partir de 4 anos

Popular entre: Ambos